Menu

BIOEN News

Mapping sugarcane

Pesquisa FAPESP - Aug 30, 2015

 

... FAPESP's Research on Bioenergy Program, or Bioen (see report on page 140), aimed in part at improving the productivity of Brazilian ethanol and...

Obstacle race

Pesquisa FAPESP - Jun 14, 2015

 

…One of them, based predominantly on research conducted at universities, is tied to FAPESP's Program for Research on Bioenergy (Bioen), ...

For a more balanced future

Pesquisa FAPESP - May 15, 2015

 

... The work was coordinated by researchers from FAPESP programs such as Research in Bioenergy (BIOEN), Research into the Characterization ...

 

Among the best in the world

Pesquisa FAPESP - Dec 29, 2014

 

... We also took part in the definition of FAPESP programs, such as those for Research on Global Climate Change, Biota and BIOEN." ...

Evolutionary history in progress

Pesquisa FAPESP - Dev 14, 2014

 

... for research on bioenergy (BIOEN) and. SUCEST-FUN, which focuses on the functional analysis of sugarcane genes and the identification of genes associated...

The challenge of scaling up

Pesquisa FAPESP - Nov 22, 2014

 

... A BIOEN study shows that direct greenhouse gas emissions in sugarcane cultivation in Brazil are lower than those estimated in the ...

BIOEN Notícias

Relatório identifica medidas para equilibrar a segurança alimentar, biocombustíveis e desenvolvimento sustentável

Documento conclui que a terra disponível no planeta não é fator limitante para produção de bioenergia e alimentos e reforça recomendações científicas para uma economia de base biológica

 

São Paulo, 14 de junho de 2016 – Metas de produção de biocombustíveis, segurança alimentar e o desenvolvimento sustentável podem ser alcançadas simultaneamente, de acordo com o relatório Reconciling Food Security and Bioenergy: Priorities for Action [Conciliando a Segurança Alimentar e a Bioenergia: Prioridades para Ação], divulgado hoje por uma equipe internacional e multidisciplinar de especialistas de 10 instituições de pesquisa em sete países.

O documento identifica medidas baseadas em conhecimento científico para mostrar que a área disponível não é um fator limitante para produção simultânea de alimentos e bioenergia no mundo. Entre as recomendações estão a adoção de estratégias para lidar com fatores locais de risco; engajamento de populações locais; estímulo à compatibilidade da coprodução de alimentos e bioenergia; adoção de culturas flexíveis e planejamento para diversificar mercados locais com aproveitamento de resíduos como palha e bagaço de cana, por exemplo.

"É um erro ignorar os custos e benefícios dos biocombustíveis com base em modelos globais ou afirmações generalizadas. É essencial trabalhar com dados confiáveis que não têm sido levados em conta nos debates que envolvem alimentos, biocombustíveis e clima”, disse Keith Kline, do Instituto de Ciência da Mudança do Clima do Laboratório Nacional Oak Ridge (ORNL, da sigla em inglês) e autor principal do relatório publicado na revista Global Change Biology – Bioenergy. O estudo foi coordenado pelo ORNL, ligado ao Departamento de Energia dos Estados Unidos, e teve participação da coordenação do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN).

Outras medidas propostas são o apoio à implantação de unidades de produção com uso múltiplo, para aumentar o suprimento de biomassa sustentável; gerenciamento adaptativo dessas unidades; comunicação pública sobre os objetivos, obstáculos e oportunidades da coprodução para lidar com necessidades locais; e a colaboração em programas locais de desenvolvimento.

"Uma parte significativa da energia de um país pode ser fornecida por biomassa ao mesmo tempo em que a produção de alimentos é aumentada", disse Glaucia Souza, do Instituto de Química da Universidade de São Paulo e membro da coordenação do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN). "O programa de etanol de cana do Brasil demonstrou ao longo de 40 anos de monitoramento, aprendizado e adaptação que é possível conciliar o aumento de incentivos para restauração da terra e serviços ecossistêmicos com o aumento da segurança alimentar e redução da pobreza”. A indústria do etanol de cana no Brasil é responsável por 4,5 milhões de empregos, melhora condições de subsistência e promove a infraestrutura e desenvolvimento rural.

O zoneamento agroecológico desenvolvido em resposta às preocupações de sustentabilidade de biocombustíveis no Brasil tem influenciado outros setores agrícolas e ajudou a proteger a biodiversidade e as florestas, recursos importantes para a produção sustentável de alimentos em áreas rurais.

De acordo com o relatório, o desenvolvimento de uma economia de base biológica sustentável, conhecida como bioeconomia, é uma parte fundamental das estratégias nacionais para aumentar a segurança energética, fomentar o desenvolvimento econômico rural e reduzir as emissões de gases de efeito estufa. O relatório também destaca que investimentos em pesquisa e no desempenho de sistemas de produção de base biológica para a aumentar a segurança alimentar e o abastecimento de energia podem atenuar situações de risco.

Participaram da elaboração do relatório pesquisadores ligados ao Centro de Política Ambiental, do Imperial College London, Reino Unido; Instituto de Química da Universidade de São Paulo (IQ-USP) e Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN); Universidade de Twente, na Holanda; Instituto de Ingeniería Rural (INTA), na Argentina; Stockholm Environment Institute (SEI África), no Quênia; Bureau of Energy Efficiency (BEE Energy), ligado ao governo da Índia; e do Banco Mundial, em Washington DC, Estados Unidos.

O relatório da pesquisa está disponível em

http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/gcbb.12366/full



Gerência de Comunicação da FAPESP / Assessoria de Comunicação
Fernando Cunha / This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. / 11 3838-4151
Samuel Antenor / This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. / 11 3838-4381

Unicamp cria Laboratório de Pesquisa em Bioenergia

Agência FAPESP - 04 de novembro de 2015

  

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) criou Laboratório de Pesquisa em Bioenergia que irá operar vinculado ao seu Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético (Nipe).

 

 

 

Heitor Cantarella recebe o prêmio "Herói da Revolução Verde Brasileira"

Agência FAPESP - 28 de outubro de 2015

 

Cantarella é um dos coordenadores do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (Bioen), criado em 2008 com o objetivo de estimular e articular atividades de pesquisa e desenvolvimento em laboratórios acadêmicos e industriais para promover o avanço do conhecimento e sua aplicação em áreas...

Sucesso de possível novo acordo climático global na COP21 dependerá de governança

Agência FAPESP - 15 de outubro de 2015

 

A avaliação foi feita por pesquisadores participantes de dois encontros promovidos pelos programas de pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais (PFPMCG), Bioenergia (Bioen) e Caracterização, Conservação, Restauração e Uso Sustentável da Biodiversidade (BIOTA) da FAPESP, realizados nos dias 6 e 7 de outubro, na sede da Fundação, sobre temas que serão debatidos durante a COP21.

Se cumprido, Código Florestal ajudará país a zerar emissões por desmatamento em 2030

Agência FAPESP - 09 de outubro de 2015

 

... Para isso, eles adaptaram um modelo econômico global, chamado GLOBIOM – desenvolvido pela IIASA para fazer projeções de mudanças de uso da terra no mundo causadas pela competição entre agricultura, pecuária e bioenergia –, para construir um mapa de uso da terra no Brasil no ano 2000.

FAPESP realiza encontro Ciência da Sustentabilidade

Agência FAPESP - 02 de outubro de 2015

 

O objetivo do evento é apresentar resultados científicos dos programas FAPESP de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais (PFPMCG), de Pesquisa em Bioenergia (Bioen) e Programa de Pesquisas em Caracterização, Conservação, Restauração e Uso Sustentável da Biodiversidade do Estado de São Paulo (BIOTA), no contexto dos temas e desafios da 21a Conferência das Partes das Nações Unidas para Mudanças Climáticas (COP21) que será realizada em dezembro de 2015, em Paris.

Banco Mundial avaliará informações de relatório coordenado pela FAPESP

Agência FAPESP - 01 de outubro de 2015

 

O simpósio de apresentação do relatório Bioenergy & Sustainability: briding the gaps, em 28 de setembro, na sede do Banco Mundial, em Washington, nos Estados Unidos, reuniu cerca de 70 representantes de diversos bancos de fomento, da National Academy of Science, National Science Foundation (NSF), jornalistas, entre outros.

Brasil deve redimensionar sua matriz energética para atingir metas climáticas

Agência FAPESP - 29 de setembro de 2015

 

As metas de redução das emissões de gases de efeito estufa (INDC, na sigla em inglês) que o Brasil levará à 21ª Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP21), em dezembro, em Paris, apresentadas no domingo (27/09) pela presidente Dilma Rousseff, são avaliadas como ambiciosas por cientistas das áreas de mudanças climáticas e de bioenergia.

Representantes da FAPESP apresentam relatório sobre bioenergia no Banco Mundial

Agência FAPESP - 25 de setembro de 2015

 

Será apresentado na segunda-feira (28/09), em um simpósio sobre bioenergia e sustentabilidade na sede do Banco Mundial, em Washington, nos Estados Unidos, o relatório Bioenergy & Sustainability: bridging the gaps.

Unesp inaugura em Araraquara novo laboratório associado do IPBEN

Agência FAPESP - 18 de setembro de 2015

 

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) inaugura hoje (18/09), às 14 horas, no campus de Araraquara, um novo laboratório associado do Instituto de Pesquisa em Bioenergia (IPBEN).

Para enfrentar gargalos

Revista Pesquisa FAPESP - 15 de setembro de 2015


... (Bioen), a chegada dos novos quadros do SPBioenRC vai incorporar temas e projetos que não vinham sendo muito explorados dentro do programa...

MMA leva Plano de Adaptação às Mudanças Climáticas a consulta pública este mês

Agência FAPESP - 02 de setembro de 2015

 

Na ocasião, a ministra reuniu-se com dirigentes da FAPESP e coordenadores dos programas de pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais (PFPMCG), em Caracterização, Conservação, Restauração e Uso Sustentável da Biodiversidade (BIOTA) e em Bioenergia (Bioen), apoiados pela Fundação, para debater alguns pontos da agenda da COP 21.

 

FAPESP recebe representantes do sistema de inovação da Rússia

Agência FAPESP - 14 de agosto de 2015


Eduardo Moacyr Krieger, vice-presidente da FAPESP, Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico, Glaucia Mendes Souza e Rubens Maciel Filho, membros da coordenação do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (Bioen), receberam em 11 de agosto uma delegação de representantes do Ministério da Indústria e Comércio e instituições de pesquisa e fomento à ciência, tecnologia e inovação da Rússia e do Ministério do Trabalho, Emprego e Proteção Social do Tartaristão, uma das 21 repúblicas da Federação Russa.

Mais competitividade em Bioenergia

Agência FAPESP - 06 de agosto de 2015

Encontrar meios para armazenar o dióxido de carbono (CO2) emitido durante a produção de bioenergia e usar esse gás na fabricação de compostos químicos de alto valor comercial ...

Workshop Novos Pesquisadores e Expansão das Pesquisas em Bionergia

Agência FAPESP - 31 de julho de 2015


A FAPESP, por meio do Programa BIOEN-FAPESP, e o Centro Paulista de Bioenergia realizarão "Workshop Novos Pesquisadores e Expansão das Pesquisas em BIOENergia" no dia 4 de agosto, das 9 horas às 18 horas, no auditório da FAPESP, à rua Pio XI ...

Etanol será tema do SP Pesquisa


Agência FAPESP - 30 de julho de 2015

 

O programa SP Pesquisa, que será exibido pela TV Cultura no sábado (01/08) e pela Univesp TV no domingo (02/08), vai tratar de bioenergia ...

 

FAPESP direciona 52% dos recursos a pesquisas com claro impacto econômico e social

Agência FAPESP - 22 de julho de 2015

 

O relatório também mostra que os programas permanentes da FAPESP de pesquisa em bioenergia, biodiversidade e mudanças climáticas globais vêm se consagrando como referência nacional e internacional no que diz respeito ao conhecimento sobre expansão sustentável de biocombustíveis, variabilidade climática no Brasil e no mundo, compreensão dos biomas brasileiros e sobre o passado da Amazônia, entre outros temas. 

Relatório mundial sobre bioenergia e sustentabilidade é apresentado na Fiesp

Agência FAPESP - 15 de junho de 2015

 

Os principais pontos do relatório Bioenergy & Sustainability: bridging the gaps, lançado em abril na FAPESP, foram apresentados na última quinta-feira (11/06), na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em São Paulo.

Corrida de obstáculos


Revista Pesquisa FAPESP - 15 de junho de 2015

 

... Glaucia Souza, professora do Instituto de Química da USP e uma das coordenadoras do Bioen, diz que o destaque obtido pela USP e pelo ...

 

 

 

 

Bioenergy & Sustainability: bridging the gaps

Agência FAPESP - 09 de junho de 2015

 

O workshop de lançamento do relatório Bioenergy & Sustainability: bridging the gaps será realizado no dia 11 de junho de 2015, a partir das 14h, na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

 

 

 

 

 

 

Modelagem molecular amplia conhecimento sobre materiais biopoliméricos

Agência FAPESP - 20 de maio de 2015

 

As pesquisas do CCES, desenvolvidas no âmbito do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (Bioen) para produção de bioetanol de segunda geração, foram apresentadas por Munir Salomao Skaf, coordenador do Centro e professor do Instituto de Química (IQ) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Para um futuro mais equilibrado

Pesquisa FAPESP - 14 de maio de 2015

 

... O trabalho foi coordenado por pesquisadores dos programas FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (Bioen), de Pesquisas em Caracterização, ...

 

 

 

América Latina tem potencial maior de expansão da bioenergia, diz relatório

Agência FAPESP - 17 de abril de 2015

 

A bioenergia pode chegar a prover um quarto da energia mundial até 2050, reduzindo poluentes e a emissão de gases do efeito estufa e promovendo desenvolvimento sustentável, entre outros benefícios econômicos e sociais.

O desafio de ampliar a escala


Pesquisa FAPESP - 14 de abril de 2015

 

... moderna até 2030", disse Glaucia Mendes Souza, pesquisadora do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP) e coordenadora do Bioen.

 

 

Relatório mundial sobre bioenergia e sustentabilidade será lançado na FAPESP

Agência FAPESP - 10 de abril de 2015

 

Cento e trinta e sete especialistas de 24 países e 82 instituições debruçaram-se por dois anos sobre as diversas questões relacionadas com a produção e o uso de bioenergia e sustentabilidade e produziram o relatório Bioenergy & Sustainability.

 

História evolutiva em progresso

Pesquisa FAPESP - 29 de dezembro de 2014

 

... (Bioen) e do Sucest-Fun, dedicado à análise funcional dos genes da cana e à identificação de genes associados a características agronômicas de interesse.

Uma linhagem bem enraizada

Pesquisa FAPESP - 28 de dezembro de 2014

 

... hoje coordenadora do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (Bioen) e do Sucest-Fun, dedicado à análise funcional dos genes da ...

end faq